Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clica em "Aceitar e Fechar" você concorda com o usi dos cookies, termos e políticas do site. Leia mais

Sobre a 3B Scientific

Melhorando a segurança dos pacientes através da educação e simulação médica

3B Scientific GmbH

As falhas na segurança do paciente podem levar a uma morbidade e mortalidade significativas. Para que a equipe clínica coloque mais ênfase na segurança do paciente é necessáriodar  ênfase á educação, prática e no envolvimento do paciente.

Os profissionais de saúde em todos os níveis precisam lembrar que a segurança do paciente é responsabilidade de todos. É por isso, durante o mês de março, hospitais, casas de repouso, escolas médicas e de enfermagem em todo o país farão a Semana de Conscientização da Segurança do Paciente, que promove as melhores práticas de segurança do paciente.

O que é a segurança do paciente?

A segurança dos pacientes é a ausência de danos evitáveis e a prevenção de danos desnecessários pelos profissionais de saúde. A equipe deve liderar com uma cultura de segurança, prevenir danos ao paciente e aumentar o envolvimento do paciente e de sua família, ao mesmo tempo em que melhora a saúde de nossa comunidade.

De acordo com o Harvard Global Health Institute, os dano aos pacientes devido a erros na prestação de cuidados de saúde foram reconhecidos como uma das dez principais causas de invalidez e morte em todo o mundo. Isso resulta perda de renda e produtividade para as pessoas afetadas.

Os estudantes de enfermagem e medicina devem lembrar que a segurança do paciente envolve gerenciamento de riscos, gerenciamento de medicamentos, controle de infecções e educação do paciente, o que requer a internalização de conhecimentos e princípios, bem como a incorporação de experiência prática.

Educação médica

Como futuros prestadores de serviços de saúde, os estudantes devem aprender completamente os fundamentos do conhecimento sobre a segurança do paciente e como fazer diagnósticos e tratamentos com a segurança do paciente em mente para avançar na prestação de serviços de saúde. Uma experiência prática, com feedback simultâneo de instrutores e treinamento sem colocar pacientes reais em risco, é uma abordagem de treinamento que produzirá resultados positivos.

Os programas de simulação médica que ensinam o controle de infecções ao mesmo tempo em que os integram ao atendimento clínicos, a prática de injeção e a colocação de cateteres podem enfatizar a importância da segurança do paciente.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), há uma série de formatos educacionais diferentes que podem ser usados como parte de um programa de educação de segurança que inclui palestras, ensino à beira do leito, aprendizagem em pequenos grupos, discussões baseadas em casos, estudo independente, acompanhamento de pacientes, dramatização, simulações médicas e projetos de melhoria.

Experiência na prática

A variação na adesão aos princípios de segurança do paciente pode ser atribuída aos diferentes níveis de conhecimento dos resultados desses princípios. É por isso que a utilização do Nikki, o Manequim de Enfermagem com Auscultação (powered by Cardionics) da 3B Scientific, permitirá que os  alunos de clínica médica desenvolvam suas habilidades no cuidado e segurança do paciente. Com esse manequim, o aluno pode praticar suas habilidades na transferência de pacientes, posicionamento e deslocamento, cuidados com a higiene do paciente, tratamento de feridas e comunicação à beira do leito.

Um dos benefícios de implementar uma cultura de segurança do paciente em instituições de ensino de saúde é que ela pode ser integrada ao treinamento de habilidades procedimentais. Existem muitos tópicos relacionados á segurança do paciente que podem ser abordados em vários laboratórios de habilidades procedimentais, permitindo que os alunos dêem valor e significado aos princípios de segurança do paciente enquanto vêem aplicações práticas na vida real.

Com o monitor de paciente simulado REALITi Pro, os estudantes aprendem por meio de uma simulação exata do monitor de paciente com o qual trabalharão na vida real, para adqurir as habilidades no monitoramento de sinais vitais e procedimentos conforme entram nas enfermarias. Os alunos que treinam com um sistema de simulação iSimulate também ganharão experiência com ECG e colocação de eletrodos cardíacos, pois deficiências no monitoramento cardíaco, colocação incorreta de eletrodos cardíacos e padrões de vigilância têm demonstrado colocar em risco a segurança do paciente.

Mantenha o paciente e a família em mente

Para que o corpo clínico continue a aderir aos princípios de segurança do paciente, os pacientes e suas famílias devem estar envolvidas nos seus cuidados. Isto inclui comunicação constante sobre as atualizações nos cuidados,  a presença da família durante as visitas multiprofissionais e o desenvolvimento de orientações que levem em consideração o conhecimento do pacientee de seus familiares sobre o processo de cuidar.

Comunicar o plano de saúde aos pacientes e suas famílias é essencial para o avanço das práticas de saúde e ao mesmo tempo priorizando a segurança do paciente. É essencial captar momentos em que os pacientes e os familiares possam ser informados de sua participação no cuidado, para que se sintam confortáveis defendendo seus interesses.

O planejamento e execução de todas as tarefas de cuidado à beira do leito podem melhorar o envolvimento do paciente e também atender às diretrizes clínicas de segurança do paciente. Isto garantirá que a conscientização de segurança do paciente seja praticada durante todas as 52 semanas do ano.

Referências:
  • Vaismoradi M, Tella S, A Logan P, Khakurel J, Vizcaya-Moreno F. Nurses' Adherence to Patient Safety Principles: A Systematic Review. Int J Environ Res Public Health. 2020;17(6):2028. Published 2020 Mar 19. doi:10.3390/ijerph17062028
  • Harvard Global Health Institute Patient Safety: A Major Public Health Challenge. [(accessed on 8 March 2020)]; Available online: https://globalhealth.harvard.edu/qualitypowerpoint.
  • World Alliance for Patient Safety. (2009). WHO PATIENT SAFETY CURRICULUM GUIDE FOR MEDICAL SCHOOLS [Brochure]. The United Kingdom. https://www.who.int/patientsafety/information_centre/documents/who_ps_curriculum_summary.pdf


3B_Scientific_21-04_Banner_C-Celia_Study_OVERVIEWSMALL.jpg
3B_Scientific_21-03_Banner_IWD2021_OVERVIEWSMALL.jpg