List View
Manequins e simuladores para Assistência Tática aos Feridos em Combate (Tactical Combat Casualty Care [TCCC])

Assistência Tática aos Feridos em Combate

A Assistência Tática aos Feridos em Combate (TCCC) é um conjunto de diretrizes para a prestação de assistência médica imediata para ferimentos potencialmente fatais no campo de batalha. A formação no tratamento de traumatismos de combate e ferimentos relacionados com explosões deve ser prestada a todos os combatentes médicos e não médicos. A TCCC diferencia três fases de assistência a feridos: assistência debaixo de fogo, assistência tática em campo e assistência tática de evacuação. A formação em assistência médica foca-se no tratamento dos cenários de ferimentos de combate mais comuns com pensos hemostáticos e gestão das vias aéreas, enquanto a assistência tática aborda técnicas de arrasto e transporte para mover o ferido para um local relativamente seguro.

Assistência debaixo de fogo

A hemorragia externa ou hemorragia dos membros potencialmente fatal deve ser controlada imediatamente durante a primeira fase utilizando torniquetes para os membros.


Assistência tática em campo
Durante a segunda fase, procede-se ao controlo da hemorragia massiva e das vias aéreas (manobra de elevação da mandíbula, via aérea nasofaríngea). Em caso de uma obstrução das vias aéreas ou traumatismo facial massivo, poderá ser necessária uma cricotirotomia. Nesta fase, a respiração e a circulação são rigorosamente monitorizadas e verificadas para deteção de sinais de pneumotórax de tensão e as feridas torácicas aspirativas devem ser tratadas e seladas. Os torniquetes devem ser reavaliados para assegurar que a hemorragia foi parada e o ferido deve ser examinado para deteção de sinais de choque hemorrágico. Além disso, devem ser aplicadas medidas de prevenção de hipotermia, as fraturas devem ser imobilizadas com talas e a medicação (analgésicos, antibióticos) administrada. Outro fator importante é a monitorização e o tratamento de queimaduras.

Assistência tática de evacuação

Durante a terceira fase, os cuidados prestados devem ser os mesmos que na fase anterior. Em caso de traumatismo torácico ou abdominal, o ferido deve ser monitorizado de perto para deteção de sinais de pneumotórax de tensão. Além disso, qualquer hemorragia persistente ou renovada deve ser controlada e o ferido mantido quente.

Otimizar a formação em Assistência Tática aos Feridos em Combate com simulação médica

O tratamento de ferimentos, a evacuação rápida e o controlo de infeções foram sempre um ponto crítico na guerra. Em 1919, Col. H.M. Gray afirmou em "The Early Treatment of War Wounds" (O tratamento precoce de ferimentos de guerra):
"A hemorragia que ocorre quando a artéria de um homem é dividida é normalmente tão rápida e tão intensa que o ferido morre antes de a ajuda conseguir chegar a ele."
Desde então, a formação sobre técnicas empregues pelos socorristas em contextos militares melhorou enormemente. Como acontece em todas as áreas da formação médica, a utilização de simulação consegue otimizar a formação proporcionando cenários realistas e uma aprendizagem prática. A simulação de cenários de elevado stress no campo de batalha com manequins e simuladores de traumatismos de combate diminui a quantidade de mortes evitáveis.

Mortes evitáveis: utilizar simulação para formar os combatentes em TCCC

Com a formação certa, os combatentes médicos e não médicos podem aprender como tratar eficazmente os feridos e controlar a hemorragia até conseguirem evacuá-los do campo de batalha para um local com pessoal médico que lhes administre tratamento adicional.
A série de Simuladores de Assistência Tática a Feridos (Tactical Casualty Care Simulators [TCCS]) e Simuladores de Controlo Tático de Hemorragias (Tactical Hemorrhage Control Trainers [THCT]) proporciona às forças militares governamentais, às equipas médicas de resgate e à segurança privada uma forma realista de formação de TCCC em técnicas e estratégias de salvamento de vidas para tratamento de traumatismos no campo de batalha. A simulação de TCCC baseia-se em padrões de ferimentos comuns em combate e pode melhorar a preparação e os tempos de reação de todos os combatentes para reduzir significativamente o número de mortes evitáveis.
 
“O destino do ferido está nas mãos das pessoas que aplicam o primeiro penso.”
Dr. Nicholas Senn, fundador da Associação de Cirurgiões Militares dos Estados Unidos.
Novo
Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com ferimentos a bala - TCCS 1, 1021380, Manequins para Treinamento de TCCC

Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com ferimentos a bala - TCCS 1

Item: 1021380

Novo
Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com lesão vascular significativa - TCCS 2, 1021381, Manequins para Treinamento de TCCC

Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com lesão vascular significativa - TCCS 2

Item: 1021381

Novo
Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com amputações traumáticas - TCCS 3, 1021382, Manequins para Treinamento de TCCC

Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com amputações traumáticas - TCCS 3

Item: 1021382

Novo
Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com amputações traumáticas e ferimentos a bala - TCCS 4, 1021383, Manequins para Treinamento de TCCC

Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com amputações traumáticas e ferimentos a bala - TCCS 4

Item: 1021383

Novo
Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com evisceração abdominal- TCCS 5, 1021384, Manequins para Treinamento de TCCC

Simulador de cuidados táticos de ferimentos em combate com evisceração abdominal- TCCS 5

Item: 1021384

Novo
Simulador de cuidados táticos de ferimentos de emergência (THCT - Tactical Emergency Casualty Care) para o controle de hemorragias - THCT, 1021644, Manequins para Treinamento de TCCC

Simulador de cuidados táticos de ferimentos de emergência (THCT - Tactical Emergency Casualty Care) para o controle de hemorragias - THCT

Item: 1021644